6

A nova ala com dez leitos para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid, da Santa Casa de Mogi Guaçu, foi inaugurada na tarde desta terça-feira (25). Os novos leitos entrarão em funcionamento a partir do dia 01 de junho.

Os novos leitos são modernos e estão totalmente equipados para atender pessoas com complicações pela covid-19 e quando a pandemia passar, atender permanentemente a população de Mogi Guaçu e região.

A nova unidade é fruto da união entre iniciativa pública e privada. O valor doado pelas multinacionais Mahle, International Paper e Ingredion e pela campanha Leito Solidário, promovida pela ACIMG (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu) foi cerca de R$1,8 milhão.

O evento contou com a presença do superintendente e o provedor da Santa Casa, Aldomir Arenghi e Romildo Fontaniello, prefeito Rodrigo Falsetti, vice prefeito Marcos Tuckumantel, representantes das multinacionais, Edson Bombo, presidente da Associação Comercial, secretário da Saúde, Guilherme Dalle Vedove Barbosa e vereadores.

Presidente da ACIMG, Edson Bombo
Recepção da UTI
Prefeito Rodrigo Falsetti
Secretário da Saúde, Guilherme Dalle Vedove Barbosa
Superintendente da Santa Casa, Aldomir Arenghi

O superintendente da Santa Casa agradeceu a iniciativa e pontuou que a entidade é referência regional e por isso é fundamental ter este respiro que é a nova unidade de UTI para acolher as pessoas que precisarem: “Feliz ou infelizmente estamos inaugurando esta nova unidade de UTI com 10 novos leitos com toda a tecnologia e profissionalismo, para cuidar dos pacientes. Felizmente porque podemos ajudar as pessoas que precisam e infelizmente porque esperávamos que a pandemia acabasse logo”, comentou Arenghi.

Rodrigo Falsetti comemorou o resultado de sua busca e pontuou a prontidão das empresas em contribuir para este momento emergencial da história da saúde mundial. Agradeceu a parceria com as multinacionais e com a Associação. Pois esta união resultou em ganho para a saúde municipal. O prefeito ainda alertou para as aglomerações e para o perigo deste tipo de ação.

“As pessoas precisam se conscientizar, pois elas acabam relaxando nas medidas, achando que isso leva a nada. Essas pessoas que estão em aglomerações podem levar a doença para seus entes queridos. Se não tivéssemos que inaugurar estes leitos com esta finalidade de lidar com a pandemia seria melhor”, alertou.

O presidente da ACIMG comemorou a inauguração e agradeceu a cada empresário e a cada cidadão que doou para a campanha Leito Solidário: “Nossa contribuição para a aquisição dos novos leitos girou na casa dos R$205 mil, ficamos muito felizes por conseguir fazer parte da história e trabalhar em prol da sociedade neste momento tão alarmante”.

Imagem interna da UTI: Comunicação Social Prefeitura