2

Reabertura do comércio é marcada por bastante movimento

Após mais de 70 dias, segmentos do comércio reabriram, há bastante movimento de pessoas e também bastante tráfego.

Hoje (08) vários segmentos do comércio guaçuano voltaram a funcionar, pois a cidade se encontra na fase 2 do Plano São Paulo. O dia está sendo marcado por muito movimento de pessoas pelas ruas, nas lojas, e em filas para entrar nelas. O tráfego também está intenso.

Os estabelecimentos estão seguindo protocolos sanitários recomendados pela Vigilância Sanitária e pelo COE (Comitê de Operações Emergenciais). É obrigatório que o Termo de Responsabilidade, contendo as recomendações dos órgãos de saúde esteja exposto nas empresas e que as medidas sanitárias sejam seguidas. O termo de responsabilidade está disponível no site da ACIMG (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu). E pode ser baixado aqui.

O Plano São Paulo classificou o estado em cinco fases para reabertura. Mogi Guaçu se enquadra na fase 2, os segmentos autorizados a funcionar nesta fase, em horários diferentes, e restritos à quatro horas são: escritórios, imobiliárias, comércio de rua, concessionárias, prestação de serviços, shoppings e boulevard.

Estas fases serão monitoradas a cada 14 dias, se a curva de contágio aumentar, o município poderá fazer restrições e voltar um nível na classificação sugerida pelo governo estadual, ou se a curva diminuir, o município poderá avançar para a próxima fase, e assim sucessivamente, até atingir o nível 5 que é onde todos os setores da economia poderão funcionar livremente.

Mesmo com restrições, a expectativa entre o empresariado é de retomada: “Hoje estamos reabrindo vários comércios, de forma presencial, inclusive atividade imobiliária. Entendo que é de grande importância para a economia, acredito que estejamos todos muito ansiosos pra este recomeço. Com os comércios fechados ou semiabertos, sem atendimento presencial, a circulação de dinheiro cai e o desemprego aumenta. É uma cadeia, se não está bom pra um não vai estar bom para os outros. Então esperamos essa retomada, mas é importante seguir as recomendações sanitárias, evitando os casos da Covid-19, pois não adianta a gente reabrir, não seguir todas as normas, os casos explodirem e depois termos que fechar novamente. Se acontecer um novo fechamento a situação vai ficar pior, então é muito importante seguir as recomendações, para retomar uma possível normalidade”, comentou a proprietária da Artigiani Imóveis, Fernanda Vendramini.

Tags: No tags
0

Comments are closed.