Reunião-reabertura-comercio

Representantes da saúde e de segmentos econômicos se reuniram para tratar da reabertura do comércio guaçuano

Previsão da reabertura para alguns setores pode começar a partir do próximo dia 08

Na manhã de hoje (29) representantes do COE (Comitê de Operações Emergenciais) e da Secretaria de Saúde se reuniram com representantes da Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu, do Buriti Shopping e dos Boulevares, a fim de discutir protocolos para reabertura gradual de comércios e serviços, de acordo com o Plano São Paulo, publicado esta semana pelo governo estadual. A previsão é de que a reabertura para alguns segmentos comece a partir do próximo dia 08.

O Estado foi divido em 17 áreas, que foram classificadas de acordo com a incidência de contaminação pela Covid-19 e a capacidade do sistema de saúde de cada município. A capacidade do sistema dá-se pela taxa de ocupação de leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para portadores do novo coronavírus e a quantidade de leitos disponíveis a cada 100 mil habitantes, casos confirmados, número de internações e número de mortes.

Assim, o plano de reabertura classifica os municípios dentro de cinco fases para a saída da pandemia. Mogi Guaçu se encontra na fase 2 de classificação. Portanto, as áreas que estão aptas a retomar o funcionamento, com medidas sanitárias, distanciamento social, e horário especial de funcionamento são: atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shoppings.

As áreas são distintas, portanto, adotarão protocolos específicos. Estes protocolos serão sugeridos ao COE que os avaliará, para então, liberar a reabertura.

Após 14 dias de retomada, os números da Covid-19 serão novamente reavaliados e se estiverem dentro do estipulado pela área de saúde, a cidade passará para a terceira fase, e novos segmentos poderão reabrir, se a taxa de contaminação estiver fora do padrão esperado, a cidade irá regredir nas fases estipuladas. Portanto, é fundamental que todos sigam os protocolos para que o novo coronavírus vá, aos poucos, tornando-se mais fraco, para assim, a cidade retomar a normalidade e atingir a fase 5.

“Esta reunião foi importante para darmos os primeiros passos em direção à tão esperada reabertura do comércio, que esperamos, aconteça a partir do dia 08. Vamos sugerir situações em que todos se protejam para sair definitivamente dessa situação”, comentou o superintendente da Associação Comercial, Adenilson Junior dos Reis.

Tags: No tags
0

Comments are closed.