Prancheta 1 cópia 10@72x-100

Rodrigo Falsetti, candidato a prefeito, apresenta suas propostas para os empresários guaçuanos

Rodrigo Falsetti, candidato à Prefeitura Municipal pelo Cidadania, tem como vice, Major Tuckumantel do PSDB. Juntos formam a coligação: Mogi Guaçu, um novo tempo, novas histórias. O candidato é graduado em Educação Física e é corretor de imóveis. Está na vida pública desde 2013, quando tornou-se secretário de Esportes. Foi eleito vereador e assumiu a função em 2017, atualmente é presidente da Câmara. 

Veja abaixo as propostas do candidato ao empresariado guaçuano:

Por que você quer se tornar prefeito de Mogi Guaçu?

Primeiramente, porque amo essa cidade. Aqui eu nasci, construí minha família e amigos de uma vida toda.

Acredito que a cidade tem um potencial enorme para voltar a crescer, mas que atualmente é desperdiçado por falta de apoio do poder público. Durante meu mandato no Legislativo, percebi a falta que um Executivo eficiente e aberto ao diálogo faz para nossa cidade. Levamos muitas ideias ao executivo ao lado de empresários, comerciantes e da própria população, mas elas nunca foram aceitas pelo prefeito.

Fazer uma gestão participativa é fundamental para fazer a cidade voltar a se desenvolver ao lado de uma equipe nova composta por secretários técnicos e capacitados, sem indicação política.

Dá para fazer muito melhor e diferente! Quero ver uma cidade com oportunidades para todos os guaçuanos!

Quais são suas propostas para o empresariado guaçuano?

Nós precisamos dar condições para que as empresas cheguem e permaneçam em Mogi Guaçu. O primeiro passo para isso é a reestruturação dos cincos distritos industriais, que hoje sofrem com o abandono por parte da administração municipal.

Tentei por 2 anos me reunir com o prefeito ao lado dos empresários, mas nunca me atenderam, é uma falta de respeito com o empresariado guaçuano.

Hoje temos algumas empresas fechadas ou que não conseguiram terminar sua construção por falta de dinheiro e estão na justiça brigando com a prefeitura. Nós vamos fazer acordo com esses empresários e colocar novas empresas pra funcionar nesses barracões. Não podemos mais perder empresas para cidades vizinhas por falta de apoio do poder público.

Queremos também tirar do papel o novo distrito industrial, que poderá́ abrigar diversos empreendimentos e gerar emprego e qualidade de vida aos guaçuanos.

Além disso, montaremos uma equipe voltada para a busca e atração de empresas para a nossa cidade, que entrarão em contato pessoalmente com empresários e apresentarão os benefícios de se empreender no Guaçu.

Você pensa em quais políticas públicas para impulsionar o empreendedorismo em Mogi Guaçu?

O empreendedorismo deve ser valorizado pelo poder público e assim nós o faremos. Para impulsionar, precisamos primeiro acabar com os complexos e caóticos processos burocráticos. Tudo que depender da prefeitura será́ desburocratizado.

Queremos também, através de parcerias com empresas e instituições de ensino, oferecer cursos de capacitação voltados ao empreendedorismo em Mogi Guaçu.

As parcerias público-privadas também serão sempre bem-vindas para fomentar esta área.

Quais são suas propostas para o comércio guaçuano?

Sabemos das dificuldades com a questão da segurança e por isso os comércios terão o suporte com o aumento de policiamento e implementação de videomonitoramento na região central da cidade.

Hoje os representantes do comércio guaçuano não são ouvidos pela Prefeitura e essa situação precisa mudar. Para isso, seremos parceiros da Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu – ACIMG e estaremos com as portas do gabinete sempre abertas para ouvir o que os comerciantes têm a dizer.

Iremos também ampliar as vagas de estacionamento para os comércios da rua Chico de Paula por exemplo, entre outros locais, aumentando assim as vagas para fomentar o comércio local no centro e bairros. Hoje muitos comerciantes estão fechando as portas sem nenhum apoio do poder público.

Quais estratégias você utilizaria para melhorar os distritos industriais da cidade?

A reestruturação dos distritos industriais é necessária. Precisamos investir no saneamento básico, para que não corra mais esgoto a céu aberto e melhorar a iluminação pública e a pavimentação.

Os distritos hoje, infelizmente, não tem manutenção nenhuma pelo poder público. São ruas esburacadas, pontos de descarte de lixo, escuridão entre outros problemas.

É preciso também que o transporte público tenha linha para os trabalhadores nesses distritos industriais.  Vamos melhorar a sinalização das vias além de implantar o sistema de videomonitoramento, trazendo mais segurança às empresas.

Como você aumentaria os espaços disponíveis para a construção de indústrias em nosso município para estimular a instalação de mais indústrias?

Através do novo distrito industrial, em Martinho Prado Júnior. Um projeto antigo que os guaçuanos ouvem, mas nunca viram sair do papel. Iremos também propor parcerias com os áreas industriais particulares afim de trazer novas empresas para a cidade.

Nós faremos e queremos atrair diversos postos de trabalho para os guaçuanos!

Quais são seus planos para aumentar a segurança dos comércios do centro?

Os comerciantes e clientes precisam sentir-se seguros para o comércio aquecer. Aumentaremos a segurança através do videomonitoramento, aumento do policiamento e intensificação de rondas.

O comércio de rua precisa de mais estrutura, você tem algum projeto neste sentido?

São trabalhadores que sustentam famílias e precisam de espaço para trabalhar. O desemprego na cidade é grande, precisamos dar total apoio a esses trabalhadores, desburocratizando normas e disponibilizando locais públicos para sua realização, daremos atenção a estes comércios de rua.

O comércio de bairro é muito forte em nossa cidade, você tem projetos para esta importante alavanca da economia municipal?

Através da consultoria e mapeamento de concorrência, queremos ajudar os empreendedores a melhor direcionar suas atividades e diversificar o comércio de bairro em nossa cidade, promovendo o sucesso de seus negócios. Queremos dar suporte e, assim, gerar cada vez mais emprego e renda em Mogi Guaçu.

Muitos comércios de bairros reivindicam ampliar áreas para vagas de clientes, e onde for possível iremos atendê -los.

Você tem algum plano para a mobilidade urbana em relação ao tráfego?

Planejamos fazer operações eficientes de tapa-buraco em todas as vias na cidade, para que o trânsito flua de melhor forma, reduzindo o risco de acidentes. A sinalização em nossa cidade é precária e investiremos pesado para que seja reforçada e não interfira mais no tráfego.

Hoje ao invés de facilitar o tráfego, muitas dessas mudanças acabam atrapalhando e causam insegurança aos motoristas.

A duplicação futura de vias de grande movimentação também está em nossos planos.

Comentários estão fechados.